Alquimia em FMA – Teórica e prática

Olá, sou E.L.D. Para meu primeiro post explicarei como funciona a alquimia na série, explicando sobre a troca equivalente (teórica) e o procedimento de transmutação (prática):

Para ter uma base melhor sobre a alquimia original, reveja o post “O que é alquimia?”

Nota adicional: A impossibilidade da fabricação de ouro quimicamente só foi provada no séc. XIX.

Alquimia teórica – Troca equivalente

No início do 1º capítulo do mangá, quando Al conserta o rádio, certamente tivemos a impressão de que a alquimia é algo que nos permite obter qualquer coisa sem restrições, mas nesse mesmo capítulo Ed explica que na verdade há várias leis que regem a alquimia.

De modo geral, a alquimia tem que obedecer pelo menos a lei de conservação de massa (em qualquer sistema, físico ou químico, nunca se cria nem se elimina matéria, apenas é possível transformá-la de uma forma em outra) e lei dos princípios naturais. Ed também fala que há outras bases para os alquimistas:

  • Quatro elementos de Aristoteles – Fogo, água, terra e ar
  • Três princípios árabes – Sal, mercúrio e enxofre

Isso nos leva ao ponto que já conhecemos, a Troca equivalente, se quiser obter algo precisa pagar um preço à altura. Explicando em detalhes: não se pode criar algo do nada, por exemplo, se o alquimista quiser algo que tenha propiedade de água, precisa de outro material que também tenha propiedade semelhante.

 

Alquimia prática – procedimento de transmutação

A transmutação é a idéia salientada da alquimia de FMA. Ela se divide em três partes: conhecimento, desconstrução e re-criação.

  • Conhecimento – O conhecimento a que nos referimos aqui é conhecimento da matéria (peso, grama, etc). Se o alquimista quer criar algo ele deve ter uma matéria prima equivalente ao volume do que ele quer construir (acabei de explicar acima como essa parte funciona).
  • Descontrução – A transmutação começou, o alquimista está desfazendo o objeto original para dar uma nova forma a ele. Não há melhor exemplo de desconstrução do que o braço direito de Scar na automail de Ed:

Capítulo 6, página 44

Nota: Para esta parte ser bem sucedida, é preciso o uso de um círculo de transmutação, que atue como fórmula da alquimia (com Scar, o círculo corresponde a marca em seu braço), a menos que o alquimista tenha passado pelo portão da verdade e adiquirido o “verdadeiro conhecimento”. Assim, é como se o própio alquimista fosse a fórmula (isso acontace no mangá com Ed, Izumi e com Al mais a frente).

  • Re-criação -Nessa parte, molda-se o novo objeto a partir do antigo descontruido. O alquimista dá a matéria uma nova forma, como nos casos em que Ed cria armas, tendo o solo como matéria prima.

Bem, terminanos por aqui. Por enquanto que não consigo trazer posts como este, me dedicarei a de vez em quando trazer notícias sobre a produção da série no Japão, games, etc.

~ por E.L.D em 26 de Novembro de 2009.

10 Respostas to “Alquimia em FMA – Teórica e prática”

  1. E.L.D., agora você é autor do blog? Que bom. Adorei seu post, continue assim.

  2. Muito bom para seu 1º post!
    Bem-vinda aqui ao blog!

  3. Ops, desculpa ae. ^^

  4. Muitos Parabens e continue assim.

  5. […] de ter dado uma base técnica sobre alquimia em  Alquimia em FMA – Teórica e prática, trago uma idéia reflexiva, baseada na estadia de Edward e Alphonse na Ilha Jack (vide volume 6 do […]

  6. Sua explicação foi mesmo muito boa, mas mesmo assim tem algumas coisas que eu não entendo. Como por exemplo na luta com a quimera do cornelos como o ed coseguiu criar uma lança de madeira e ferro apartir da areia? Vlw e parabens.

    • Adorei sua pergunta, deixe-me pensar >.<…

      Vejamos, no 1º anime, Cornello cria areia para impedir q os irmãos usem círculos d tranmutação, só que no manga isso ñ acontece. Ou isso foi um erro por parte da produção do anime ou podemos nos basear numa proximidade da composição química entre a areia e a madeira e o ferro. No caso, sugiro q vc pesquise a composição química desses materiais, alguma coisa sobre átomos.
      ____________________
      Que bom q gostou da explicação. Eu levei um bom tempo pra monta-la.

  7. vlw de novo pela resposta, vou pesquisar para saber. Voltando ao assunto da explicação, ela ficou muito boa vc é mto inteligente. vlw e até mais.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: